8 de nov de 2011

“O jornalismo no Piauí avançou muito pouco”, declara editor executivo do Diário do Povo

O jornalista Mussoline Guedes, editor executivo do jornal Diário do Povo, compartilhou experiências de sua longa carreira para os alunos da Faculdade Ceut, durante uma aula especial realizada nesta segunda (7), a convite da professora Cristiane Ventura. Guedes revelou as dificuldades que enfrentou ao longo dos muitos anos de exercício da profissão, além de relembrar seu trabalho em outros veículos de comunicação do Piauí.

Segundo o jornalista, os portais do Piauí não informam o leitor como deveria. “A notícia dos portais é rarefeita. E menos aprofundada que os outros veículos de informação”, afirmou. Ainda segundo Guedes, o jornalismo do Estado precisa de uma “reviravolta”, tanto para os portais como para os outros meios de comunicação.

Questionado sobre a valorização dos profissionais de comunicação, Guedes afirma que são os próprios jornalistas que se desvalorizam. “Diploma nenhum, ensina uma pessoa a escrever bem. Mas é necessário que os jornalistas procurem avançar e se valorizar no mercado”, enfatizou.

Para Guedes, o principal papel do jornalista é proporcionar transformações na sociedade. E defende que o profissional tem que ter consciência sobre o que escreve. “Temos que ter consciência sobre o impacto que causa nas pessoas, o que escrevemos. Pois, o grande lance do jornalismo é buscar sustentação para aquilo que se escreve”.

Ainda segundo Guedes, o jornalista no Piauí tem liberdade de escrever o que pensa. E afirma que a política não interfere no conteúdo ou no teor das notícias. “Eu não acredito que a política interfira nas notícias do jornal. Mas também não iremos colocar uma matéria que é contra os interesses de nossos anunciantes”, explica.

O jornalista declarou que o jornalismo piauiense avançou muito pouco nos últimos dez anos. E lançou sobre os acadêmicos presentes, o desafio de fazer um jornalismo melhor, independente e que transforme a realidade de muitas pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário